Como Participar

A partir de 19 de fevereiro, todos e todas os(as) interessados(as) em participar poderão contar com informações sobre as atividades e horários do Congresso, disponíveis no site: www.culturavivacomunitaria.org e no emailinfo@culturavivacomunitaria.org

Assim que possível, teremos também informações sobre custos e oportunidades de alojamento e alimentação em La Paz para a semana do evento, bem como os endereços dos espaços que sediarão as atividades.

O email para envio de solicitações de cartas-convite, inscrições e confirmação de participação é congresoculturaviva@gmail.com

A organização do evento está trabalhando junto a entidades de cooperação e o governo boliviano para garantir a infraestrutura que possa apoiar os participantes nas questões de alimentação e alojamento de grupos e coletivos em diversas categorias e possibilidades. No entanto, até o momento, todos os mecanismos e recursos para a participação no Congresso são autogestionários e de responsabilidade de cada grupo e organização.

Da mesma forma, a estes endereços de email devem ser enviadas todas as propostas de oficinas, exposições, apresentações artísticas ou espaços de formação gratuitos que possam ser oferecidos como parte da programação do Congresso. É necessário, no entanto, especificar as condições e a infraestrutura necessária para cada iniciativa de modo que seja possível prever os aspectos logísticos.

Um desafio e uma esperança

Gerar e compartilhar uma iniciativa que consolide e fortaleça a perspectiva da Cultura Viva Comunitária na América Latina é uma necessidade importante de nossos setores populares, na medida em que estas experiências são, nos dias de hoje, uma dimensão importante de suas práticas cotidianas, não só na resistência aos modelos neoliberais e excludentes, como também na configuração de uma nova sociabilidade. Um formato de encontro que atue na concepção de políticas públicas estatais, em iniciativas de intercâmbio, formação, sensibilização e organização em rede aparece como um desafio e uma esperança importante no marco de debates políticos que nosso continente está e seguirá enfrentando pelos próximos anos.

Esperamos que este I Congresso Latinoamericano de Cultura Viva Comunitária seja um passo a mais neste caminho de nossos povos em direção a formas de organização social que recuperem o BEM VIVER como eixo de articulação entre o público, o comunitário e o estatal.

E viva a Cultura Viva!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*