Círculos de Visão contribuem com identificação de lutas

Hoje, 20 de maio, foram realizados os círculos de visão do I Congresso Latino-Americano de Cultura Viva Comunitária. Os círculos consistem em espaços livres de diálogo, trocas de experiências e resoluções centradas em temas específicos que permeiam o tema da cultura comunitária. Entre os ciclos, houve discussões acerca da arte para transformação social, comunicação para uma democracia verdadeira, etnoculturas para respeito e convivência e memória e patrimônio para a construção do futuro dos povos, dentre outras.

Os comentário sobre os espaços têm sido positivos. As diversas pessoas estão se reconhecendo nas lutas e nos problemas e, portanto, tentando criar conceitos, redes e soluções juntos. Como consequência dessa troca, quase todos os espaços excederam o tempo limite das discussões, que seguirão amanhã de manhã – como é o caso da mesa Feminismo e Cultura Comunitária, que se reunirá amanhã as 10hrs na UMSA – Universidade Maior de San Andrés.

 

Confira a galeria de fotos aqui : https://www.facebook.com/media/set/?set=a.161940720646319.1073741844.158557134318011&type=1

 

Esse texto é uma contribuição para a Comunicação Compartilhada do I Congresso Latino-Americano de Cultura Viva Comunitária e foi produzido por Beatriz Moreira do Coletivo Soylocoporti. As fotos são uma contribuição de Mídia Ninja.

Um comentário em “Círculos de Visão contribuem com identificação de lutas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*